Principais causas



 

Os fatores de risco e causas que podem levar à Deficiência Intelectual podem ocorrer em três fases: pré-natais, perinatais e pós-natais.

 

Pré-natais

Fatores que incidem desde o momento da concepção do bebê até o início do trabalho de parto:

 

Fatores genéticos

Alterações cromossômicas (numéricas ou estruturais) -  provocam Síndrome de Down, entre outras.

Alterações gênicas (erros inatos do metabolismo): que provocam Fenilcetonúria, entre outras.

Fatores que afetam o complexo materno-fetal

Tabagismo, alcoolismo, consumo de drogas, efeitos colaterais de medicamentos teratogênicos (capazes de provocar danos nos embriões e fetos).

Doenças maternas crônicas ou gestacionais (como diabetes mellitus).

Doenças infecciosas na mãe, que podem comprometer o feto: sífilis, rubéola, toxoplasmose.

Desnutrição materna.

 

Perinatais

Fatores que incidem do início do trabalho de parto até o 30.º dia de vida do bebê:

Hipóxia ou anoxia (oxigenação cerebral insuficiente).

Prematuridade e baixo peso: Pequeno para Idade Gestacional (PIG).

Icterícia grave do recém-nascido (kernicterus).

 

Pós-natais

Fatores que incidem do 30.º dia de vida do bebê até o final da adolescência:

Desnutrição, desidratação grave, carência de estimulação global.

Infecções: meningites, sarampo.

Intoxicações exógenas: envenenamentos provocados por remédios, inseticidas, produtos químicos como chumbo, mercúrio etc.

Acidentes: trânsito, afogamento, choque elétrico, asfixia, quedas etc.




CSS válido!

Humann | Inteligência Criativa.